Quinta, 26 de Maio de 2022
19°

Chuva

Tenente Portela - RS

Polícia l Trânsito Rio Grande do Sul

RS registra queda de 11,6% nos homicídios e de 35,7% nos feminicídios em abril

O quarto mês de 2022 se encerrou com retorno à tendência de queda nos homicídios no Rio Grande do Sul, observada ao longo dos últimos três anos. O número de vítimas caiu 11,6%, de 129 em abril de 2021 para 114 igual mês deste ano.

12/05/2022 às 08h41 Atualizada em 12/05/2022 às 10h45
Por: Radar Nacional Fonte: Secom Rio Grande do Sul
Compartilhe:
Série de ações integradas colaboraram para a redução de assassinatos, em especial em Porto Alegre - Foto: Divulgação Polícia Civil
Série de ações integradas colaboraram para a redução de assassinatos, em especial em Porto Alegre - Foto: Divulgação Polícia Civil

O quarto mês de 2022 se encerrou com retorno à tendência de queda nos homicídios no Rio Grande do Sul, observada ao longo dos últimos três anos. O número de vítimas caiu 11,6%, de 129 em abril de 2021 para 114 igual mês deste ano.

O resultado atesta a efetividade das ações realizadas pelas forças de segurança após ligeira alta ocorrida em março, em especial para a rápida contenção de conflito pontual entre organizações criminosas em Porto Alegre.

Na soma de janeiro a abril, o Estado também registra queda nos assassinatos, de 564 no ano passado para 544 (-3,5%) – tanto no recorte mensal quanto no acumulado, os totais atuais são os menores desde 2006. Esses e outros dados estão no indicadores de abril divulgados nesta quinta-feira (12/5) pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

• Clique aqui e acesse reportagem completa publicada no site da SSP sobre os indicadores de abril na segurança pública.

■ Notícias no WhatsApp:

Receba as notícias do Site Clic Portela no seu telefone celular! Clique aqui e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

■ Nos siga no Instagram:

Clique aqui e acompanhe todas as publicações do Sistema Província de Comunicação de Tenente Portela.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias