OUÇA 100,7 AO VIVO
Sábado, 23 de janeiro de 2021
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Variedades l Esportes

07/12/2020 ás 17h42

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Os Maiores Erros Treinando da Esteira
Criar metas que evoluam é ainda melhor para te motivar
Os Maiores Erros Treinando da Esteira
Cuidado com rotina, fazendo exatamente a mesma coisa todos os dias

O mais comum ao utilizar uma esteira é começar caminhando e ir subindo a velocidade até o limite de corrida que você acredita suportar. Muitas pessoas se acomodam nessa velocidade e passam um treino inteiro nela. Este treino será ineficiente.


Apesar de não causar ganhos de peso ficar sempre na mesma velocidade, seu tempo pode ser melhor aproveitado com variações de intensidade. Intercalar caminhadas com corridas, ou inserir alguns minutos de sprints em um treino de corrida ajuda a queimar mais calorias.  Adotar treinos com variações de intensidade tira seu corpo da zona de conforto.


Cuidado com rotina, fazendo exatamente a mesma coisa todos os dias. Subir na esteira, colocar sua playlist e correr na mesma velocidade pelo mesmo período de tempo é uma rotina. A esteira oferece tantas possibilidades de treino que manter essa rotina é um prejuízo para seu corpo. Quando a musculatura acostuma com um determinado treino os resultados obtidos estacionam.


Assim, mesmo correndo todos os dias, você não vai mais emagrecer ou tornear a musculatura. Busque por variações de treinos, intensidade e, se possível, intercale a esteira com bicicleta ergométrica e remo por exemplo.


Ter objetivos para seus treinos é essencial. Apenas sabendo quais resultados quer alcançar é possível continuar insistindo e se esforçando. Metas servem como motivação. Essas metas podem ser muito grandes, como treinar para uma maratona, ou mais simples, como perder 10 quilos ou conseguir correr por 1 quilometro sem parar.


Criar metas que evoluam é ainda melhor para te motivar: correr 1 km na primeira semana, chegar a 2 km sem parar na segunda e assim por diante.


Treinar dá fome. É um fato. O gasto de energia e calorias de uma corrida é muito alto. Mas essa não é uma desculpa para descuidar. Comer pode ser um elemento importante para os treinos na esteira, afinal, seu corpo precisa de nutrientes. No entanto, é essencial que a alimentação pós-treino seja feita de maneira balanceada.


Busque a orientação de um nutricionista e não perca tudo o que conquistou nos treinos por causa de uma alimentação errada.

FONTE: Jornal Província

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Coluna do Zaca

Coluna do Zaca

Blog/coluna Informações sobre atividades físicas e a melhor maneira de levar uma vida saudável
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium