Sexta, 18 de Junho de 2021 02:09
(55) 3551-1261
Cidades Região

Diretor da AveNutri garante que projeto de frigorifico em Vista Gaúcha está em andamento

Diretor diz que morte de presidente da empresa atrasou projeto

07/06/2021 11h45
Por: Jonas Martins Fonte: Jornal Província
Leandro Rodrigues dos Santos é diretor da Avenutri (Foto: Arquivo Pessoal)
Leandro Rodrigues dos Santos é diretor da Avenutri (Foto: Arquivo Pessoal)

Leandro Rodrigues dos Santos, diretor da empresa Avenutri, de Vista Gaúcha, foi entrevistado no programa Tribuna Popular do último sábado, onde relatou ao jornalista Jalmo Fornari em que pé está o projeto que pretende construir e instalar um frigorifico de aves e uma fabrica de ração em Vista Gaúcha.

Segundo o diretor o projeto atrasou em virtude da morte, por covid-19, do presidente da empresa Paulo José Balla. Como foi necessário reorganizar a diretoria, depois da morte do diretor, as documentações que estavam junto ao BNDES para aprovação de um financiamento que vai bancar o empreendimento precisaram ser atualizadas e reavaliadas pela instituições e por causa disso está ocorrendo uma demora maior. Leandro afirmou que a proposta já estava aprovada, e que esse procedimento é de praxe da instituição financeira.

O diretor fez questão de tranquilizar os agricultores que já formaram parceria com a empresa, segundo ele já estão acertados a construção de 191 aviários para 100 produtores. Ele disse que uma empresa foi contratada para trabalhar com os licenciamentos ambientais para a construção desses aviários e que no prazo de 15 dias os agricultores parceiros deverão receber o contato dessa empresa para dar entrada na documentação necessária para dar inicio às obras.

Leandro disso também que a partir dessa semana, todas as 22 prefeituras, dos municípios onde a empresa está montando parcerias serão contatadas por ele e pela sua equipe, para explicar os motivos da demora no início do projeto.

Sobre as áreas a serem adquiridas Leandro informou que já foi comprada uma área na qual já foi pago parte do valor acordado e o restante do pagamento será feito quando sair o financiamento do BNDES. Ele também informou que estão sendo negociados e já com contratos em fase de finalização de duas artes em Alto União, uma de 14,9 hectares e outra de 27,44 hectares, onde além do abatedouro serão construídos cerca de 50 aviários da própria empresa, para complementar a demanda vinda do produtor e uma escola para treinamento das equipes de trabalho.

Notícias no WhatsApp:

Receba as notícias do Site Clic Portela no seu telefone celular! Clique aqui e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias