Quinta, 13 de Maio de 2021 22:23
(55) 3551-1261
Cultura Coluna

A Importância das Ações Sociais no Tradicionalismo

Leia a Coluna da Ingrid Krabbe

23/04/2021 10h33
Por: Jonas Martins Fonte: Ingrid Krabbe/Jornal Província
Paixão Cortes (Foto: Divulgação)
Paixão Cortes (Foto: Divulgação)

A inclusão social é um dos temas mais abordados pela sociedade contemporânea, devido ao grande processo de globalização que vêm ocorrendo pelo Planeta, visando o desenvolvimento dos povos e a conscientização e importância que cada ser humano possui em seu núcleo cultural.

Além de atuar na preservação da cultura, o tradicionalismo busca promover a inclusão social e não somente incluir, mas também promover todos na sociedade. A inclusão social é o conjunto de meios e ações que combatem a exclusão aos benefícios da vida em sociedade, ao mesmo tempo em que promoção social é um conjunto de atividades, com enfoque educativo favorecendo, assim, uma melhor qualidade de vida.

A Carta de Princípios, documento que rege o tradicionalismo, cita em seu item I “Auxiliar ou estado na solução dos seus problemas fundamentais e na busca do bem coletivo” todos têm direito a ser inclusos em qualquer meio seja ele tradicionalista ou não. E além de ser coletivo o tradicionalismo depende de todos pois também é um movimento que representa a cultura de todos. Vale lembrar que a promoção social se expressa nos projetos desenvolvidos pelas prendas e peões buscando enfoque educativo.   Tanto inclusão como a promoção muitas vezes faltam na nossa sociedade seja por preconceito ou por falta de comunicação, entretanto dentro de uma entidade tradicionalista todos possuem o mesmo direito não se valoriza alguém enquanto despreza-se outro e nós, tradicionalistas, acreditamos que cada um tem um grande valor e uma grande importância para garantir a ascensão da sociedade atual, que passa por muitas dificuldades.       

  Sabe-se que, existem muitas diferenças entre todos nós, mas são essas diferenças que garantem o nosso convívio, por isso é que se deve dar muita atenção para projetos sociais, sejam eles dentro ou fora do tradicionalismo. Para então buscarmos por meio dele não somente incluir e promover, mas também tratar a todos com igualdade além de ser usada como instrumento de inclusão e promoção ele pode e deve ser utilizado para o crescimento social, e consequentemente, para o fortalecimento deste movimento.

Foram abertas quinta-feira (1º) as inscrições para o Festival Gaúcho da Inclusão, evento virtual que pretende dar visibilidade a crianças, jovens e adultos especiais que cultuam as tradições do Rio Grande do Sul nas 30 Regiões Tradicionalistas. O prazo para as postagens, bem como para a contabilização das curtidas, vai até às 21h do dia 30 de abril.

O Festival Gaúcho da Inclusão é organizado pela 20ª Região Tradicionalista, com o apoio da RBS TV, i5 Filmes e produção musical da Alci Vieira Jr.

As 30 regiões tradicionalistas do Rio Grande do Sul já podem enviar seus vídeos de até cinco minutos para o Festival Gaúcho da Inclusão, evento virtual que pretende dar visibilidade a crianças, jovens e adultos especiais que cultuam as tradições gaúchas. Os interessados deverão publicar no Facebook o material, informando nome, modalidade, cidade e idade, e apresentar qualquer uma das 25 categorias presentes no regulamento, como chula, gaita, declamação e vaca parada. A hashtag a ser utilizada nas postagens é #FestivalGaúchodaInclusão. Os concorrentes precisam estar pilchado.

    E nesse Festival Gaúcho de Inclusão, a APAE da nossa Portelinha, está participando com o aluno Fabio Ângelo Paludo e sua irmã Vanessa Paludo, na modalidade Danças Tradicionais, com a música Pezinho.

    É só entrar nesse link e votar https:/www.facebook.com/watch/?v=517743582557106

    Senta o dedo aí gauchada na votação, vamos classificar nosso representante.

 

  Lembrete: Estamos ainda na bandeira preta. Cuide-se e siga os protocolos recomendados. A vida das pessoas que você ama, é muito importante.

Até a próxima.

Notícias no WhatsApp:

Receba as notícias do Site Clic Portela no seu telefone celular! Clique aqui e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias