Segunda, 19 de Abril de 2021 22:30
(55) 3551-1261
Justiça No STF

Eduardo Leite ingressa com ação judicial contra presidente da República

Ação composta por dez páginas foi entregue no Supremo Tribunal Federal (STF)

08/04/2021 21h04
Por: Diones Roberto Becker Fonte: Correio do Povo
Governador do Rio Grande do Sul alega na ação judicial que sofreu calúnia e difamação (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)
Governador do Rio Grande do Sul alega na ação judicial que sofreu calúnia e difamação (Foto: Itamar Aguiar/Palácio Piratini)

O governador Eduardo Leite ingressou com ação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o presidente Jair Bolsonaro por calúnia e difamação. Entre os pontos da ação, está manifestação de Jair Bolsonaro de que o governador do RS colocou a folha dos servidores em dia com recursos do Palácio do Planalto, exclusivos para o combate à pandemia de Covid-19.

Na ação, em dez páginas, é solicitada a intimação do presidente para prestar explicações sobre as suas manifestações, ‘a fim de, se possível for, afastar a prática de crimes de calúnia e difamação’.

O governador cita a entrevista concedida por Jair Bolsonaro no dia 08 de março de 2021, ao programa Brasil Urgente, da rede Bandeirantes. Em sua fala, o líder do país disse que o Rio Grande do Sul, por exemplo, que estava há quase três meses atrasando a sua folha de pagamento, o governador Eduardo Leite botou em dia sua folha de pagamento e se esqueceu da saúde. Cita ainda outro trecho, no qual diz que o governador é um péssimo administrador. Onde ele enfiou essa grana? Eu não vou responder para ele né. Mas eu acho que é feio onde ele botou essa grana toda aí. Não botou na saúde.

Após a fala, o governador realizou diversas manifestações para detalhar os recursos recebidos do Governo Federal e a devida utilização dos valores. Inclusive, houve uma prestação de contas que foi entregue aos poderes com o detalhamento dos gastos.

Notícias no WhatsApp:

Receba as notícias do Site Clic Portela no seu telefone celular? Clique aqui e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias