OUÇA 100,7 AO VIVO
Quinta, 20 de setembro de 2018
55 9 9137-5869
Região Noroeste

11/09/2018 ás 14h13 - atualizada em 11/09/2018 ás 14h16

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

JBS fará adequações para retomar atividades na unidade de Três Passos
Trabalhos foram paralisados por determinação do ministério do Trabalho
JBS fará adequações para retomar atividades na unidade de Três Passos
Unidade possui cerca de 800 funcionários diretos (Foto: Diones Roberto Becker)

A Seara Alimentos/JBS anunciou nesta segunda-feira (10), que irá atender todas as exigências apontadas pela auditoria do ministério do Trabalho. Conforme a empresa, haverá adequações em ergonomia e segurança, tais como: proteção nas esteiras transportadoras, instalação de plataformas pantográficas e implantação de proteções em máquinas.


As obras na unidade em Três Passos serão executadas por firmas especializadas. O investimento chegará a R$ 3 milhões. A expectativa é que os abates sejam retomados entre os dias 24 e 26 deste mês. No entanto, o reinício das atividades depende de uma nova vistoria do ministério do Trabalho.


A gerente da unidade de Três Passos da Seara Alimentos/JBS, Mirta Thiesen, revelou que a decisão de investir nas adequações foi tomada em reconhecimento ao apoio recebido de autoridades municipais e estaduais, entidades de classe, produtores rurais e funcionários da própria empresa. Ela acredita que a retomada das atividades na unidade vai ocorrer dentro do prazo previsto. – Vamos trabalhar firmes pelo crescimento da empresa no município, mantendo os resultados e oportunizando desenvolvimento para nossos colaboradores e comunidade – ressaltou a gerente.


A Seara Alimentos/JBS de Três Passos possui cerca de 800 funcionários diretos e cerca de 5,6 mil pessoas envolvidas indiretamente na cadeia produtiva, entre transportadores, integrados, produtores e prestadores de serviços. No primeiro semestre do ano, a empresa foi responsável por 38,41% do Valor Adicionado Fiscal do município.


– Sabemos o que a JBS representa não apenas para Três Passos, mas para o estado. Por isso, junto com entidades constituídas no município, buscamos apoio para solucionar o impasse e possibilitar que a empresa e seus trabalhadores retomem as atividades normalmente – disse o prefeito de Três Passos, José Carlos Amaral.


Interdição:


A interdição da unidade foi determinada pelo ministério do Trabalho no último dia 17 de agosto, após uma inspeção constatar que havia risco a saúde dos funcionamentos. O laudo técnico apontou ‘condição de risco grave e iminente à saúde e à integridade física dos trabalhadores’ em áreas que correspondem à movimentação de carga, embalagem, abate e sala de lavagem, entre outras.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium