OUÇA 100,7 AO VIVO
Quarta, 05 de agosto de 2020
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Geral

02/08/2020 ás 00h16 - atualizada em 02/08/2020 ás 15h21

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Osmar Terra critica fechamento do comércio e prevê queda de casos do novo coronavírus
Deputado foi entrevistado no programa Tribuna Popular, da Província FM
Osmar Terra critica fechamento do comércio e prevê queda de casos do novo coronavírus
Osmar Terra mantém o seu posicionamento contrário ao isolamento social e a quarentena (Foto: Reprodução/G1)

O deputado federal Osmar Terra (MDB) participou do programa Tribuna Popular do sábado (01/08), onde foi entrevistado pelo jornalista Jalmo Fornari sobre os casos de coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Sul.


O parlamentar mantém o seu posicionamento contrário ao isolamento social e a quarentena. A tese que ele defende é de que esse tipo de ação não faz reduzir o número de infectados, citando, como exemplos, países como a Suécia, Japão e Coréia, que não fizeram quarentena e tiveram números baixos de casos e mortes.


O emedebista lembrou que quando enfrentou a pandemia de H1N1, na época em que era secretário estadual da Saúde, não foi fechado nenhum comércio e as aulas ficaram suspensas por apenas 15 dias, porque se percebeu que as contaminações eram maiores com as crianças permanecendo em casa.


Essa experiência, segundo ele, deveria servir de exemplo, já que nenhuma pandemia na história da humanidade foi controlada com quarentena. – Não há nenhuma prova científica de que essas ações funcionam. Não diminui nenhum doente – ressaltou o médico em diversos momentos da entrevista.


Osmar Terra afirmou que essa onda de medo foi por causa de um estudo inglês, feito sem base científica e que isso assustou os prefeitos e governadores que tomaram decisões extremas desde o início da pandemia. – Com isso, acabaram perdendo a noção de como agir – complementou o deputado.


O médico também criticou de maneira contundente o governador Eduardo Leite, dizendo que o modelo de distanciamento controlado, instituído por cores de bandeiras não está funcionando no Estado. – O governador adotou o modelo e agora não consegue voltar atrás – salientou o emedebista.


Sobre a redução no número de casos, Osmar Terra disse que no Rio Grande do Sul isso já vai começar a acontecer na próxima semana, e foi taxativo ao reiterar que, dentro de três ou quatro semanas, a vida voltará a normalidade no Estado, porque esse é o ciclo da pandemia e ela não está fugindo do seu ciclo.


O parlamentar destacou que nenhuma vacina vai estar à disposição da população em geral antes do ano que vem, mas que mesmo sem vacina a doença será controlada, uma vez que ela vai atingir o seu pico e começará a reduzir até praticamente se extinguir.


Notícias no WhatsApp:


Receba as notícias do Site Clic Portela no seu telefone celular? Clique aqui e faça parte do nosso grupo de WhatsApp.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium