OUÇA 100,7 AO VIVO
Quarta, 05 de agosto de 2020
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

24/07/2020 ás 19h54

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Partidos de Miraguaí indicam para três candidaturas para prefeito
Políticos do município foram entrevistados na Rádio Província
Partidos de Miraguaí indicam para três candidaturas para prefeito
A disputa pela prefeitura de Miraguaí pode envolver três candidaturas (Foto: Observador Regional)

Nesta semana a Rádio Província entrevistou os presidentes de partidos políticos de Miraguaí e após isso é possível concluir que o município caminha, neste momento, para três candidaturas para prefeito.


A primeira vem do atual grupo que administra o município, com o prefeito Ivonir Botton, Toco, do PTB como candidato a reeleição e tendo o vereador Luis Carlos Hermann, o Mosquito, MDB, como vice. Quem confirmou essa informação foi o presidente do MDB, Nélio Campos, que garantiu que há uma convergência positiva entre os dois partidos e que os nomes indicados pela pré-convenções são bem aceitos por ambas as agremiações partidárias.


A segunda candidatura virá de uma aliança entre PT, PP e PSD. Foram entrevistados no programa os presidente de PT,  Ademir de Moura Rosa e o do PP, Leonir Hartk, Neco, que é vereador no município. Ambos confirmaram que já tem os nomes definidos em pré-convenção e aguardam apenas a convenção para oficializar essas candidaturas, sendo  Valdelirio Preto da Silva, Pretinho, para prefeito e  o próprio Neco para vice. Os partidos disseram que estão à disposição para conversar com outras siglas, mas que não abrem mão da candidatura dos dois vereadores para disputar a prefeitura.


A terceira chapa deve vir do PSB, que tem o seu atual presidente, Élio dos Santos, Élinho, como pré-candidato. Élinho disse que o partido já tem questão fechada em relação a candidatura própria e apesar de manter conversas com outras siglas no município, também não abre mão de manter essa posição.


Dentro deste cenário, o PSDB, é o partido que foi citado, mas que parece que ainda não definiu para que lado deverá pender. As propostas, parecem ser, indicar o vice para o Élinho ou compor com uma das outras duas chapas.


Fato importante de lembrar: nesta eleição não há possibilidade de coligação nas disputas para vereadores. Os votos somados para o coeficiente eleitoral serão restritos a cada partido. Essa nova regra muda a forma de negociação entre partidos e deve causar grande impacto na composição das câmaras.

FONTE: Jornal Província

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium