OUÇA 100,7 AO VIVO
Sábado, 19 de setembro de 2020
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Geral

14/02/2020 ás 14h51

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Taxa média de desemprego reduz no Rio Grande do Sul
Dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua)
Taxa média de desemprego reduz no Rio Grande do Sul
Menor taxa média anual de desemprego ficou com Santa Catarina, seguido por Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso (Foto: Diones Roberto Becker)

A taxa média de desemprego fechou 2019 em queda em 16 estados, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD Contínua), divulgada nesta sexta-feira (14), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


A menor taxa média anual de desemprego ficou com Santa Catarina: 6,1%. Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso aparecem em seguida, todos com 8%. Já os maiores percentuais foram observados no Amapá (17,4%) e na Bahia (17,2%).


A população ocupada cresceu em 23 unidades da federação. Apesar da queda da taxa de desemprego e da ocupação, 20 estados tiveram taxa recorde de informalidade, isto é, os empregados sem carteira assinada. A maior taxa foi anotada no Pará (62,4%), bem acima da média nacional (41,1%).


Atualmente, há no país 12,6 milhões de desempregados.


Aumento da informalidade:


Segundo a pesquisadora do IBGE Adriana Beringuy, o crescimento do emprego no país tem sido puxado pelo aumento da informalidade. – Em vários estados a gente observa que a taxa de informalidade é superior ao crescimento da população ocupada. No Brasil, do acréscimo de 1,81 milhão de pessoas ocupadas, um milhão é de pessoas na condição de trabalhador informal – afirmou a pesquisadora.


Na passagem do terceiro para o quarto trimestre de 2019, a taxa de desemprego caiu em nove unidades da federação, com destaque para o Maranhão (que recuou de 14,1% para 12,1%) e Pará (que caiu de 11,2% para 9,2%). Nos demais estados, manteve-se estável.

FONTE: Agência Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium