OUÇA 100,7 AO VIVO
Sexta, 21 de fevereiro de 2020
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Geral

12/02/2020 ás 15h03 - atualizada em 12/02/2020 ás 15h06

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Cadastro biométrico se torna obrigatório em mais 1.725 cidades brasileiras
Foram incluídos municípios de 17 estados, entre eles, o Rio Grande do Sul
Cadastro biométrico se torna obrigatório em mais 1.725 cidades brasileiras
Quem não estiver com o título eleitoral regularizado não poderá votar nas eleições municipais de outubro deste ano (Foto: Diones Roberto Becker)

Os votantes de 1.725 cidades do Brasil terão que comparecer ao cartório eleitoral para fazer a revisão do título eleitoral e realizar o cadastramento obrigatório da impressão digital. Quem não fizer o procedimento terá o documento cancelado e ficará impedido de votar na eleição municipal deste ano.


A lista com os novos municípios que passaram a ter o cadastramento biométrico obrigatório foi publicada no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prazo para o cidadão comparecer ao cartório eleitoral, contudo, varia em cada localidade. As datas podem ser conferidas no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de cada Estado.


Nesta rodada, foram incluídos municípios de 17 unidades federativas. São eles: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Rondônia.


Quem perder o prazo para o cadastramento obrigatório das impressões digitais e tiver o título eleitoral cancelado ainda pode tentar regularizar sua situação até o próximo dia 06 de maio. Após essa data, quem não estiver com o documento regularizado não poderá votar nas eleições municipais de outubro de 2020, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.


Desde 2008, 117 milhões de pessoas fizeram o cadastramento biométrico na Justiça Eleitoral, num universo de 147 milhões de cidadãos aptos a votar, segundo dados do TSE. No pleito de 2018, os votantes de 2.793 municípios já estavam obrigados a ter os dados atualizados. A Justiça Eleitoral quer concluir a coleta das impressões digitais de todos os eleitores até meados de 2022.

FONTE: Agência Brasil

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium