OUÇA 100,7 AO VIVO
Terça, 12 de novembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Geral

10/11/2019 ás 19h01 - atualizada em 10/11/2019 ás 21h38

Cleiton Figueiredo

Tenente Portela / RS

Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia
Ato ocorre em um momento de crise no país
Evo Morales renuncia à presidência da Bolívia
Presidente sofreu pressão de Forças Armadas e protestos (Foto: Jorge Bernal/AFP)

Evo Morales anunciou pela TV, na tarde deste domingo (10), sua renúncia à presidência da Bolívia, após pressão das Forças Armadas e protestos intensos em todas as grandes cidades do país.


Morales já havia convocado novas eleições no começo do dia e pedido que se reduzisse a tensão no país, após três semanas de enfrentamentos violentos que causaram três mortes e deixaram mais de 300 feridos nas principais cidades do país.


A tensão aumentou ao longo do domingo, com a oposição insistindo que Evo renunciasse. O comandante das Forças Armadas, Williams Kaliman, fez um pronunciamento na TV à tarde, em que sugeria que Evo Morales renuncie a seu mandato, para pacificar as ruas.


Por volta das 17h (horário de Brasília), o avião presidencial decolou do aeroporto de El Alto, em La Paz, onde o presidente estava desde a manhã do domingo, alimentando especulações de que ele poderia estar deixando o país. Em vez disso, porém, aterrissou no aeroporto de Chimoré, perto de Cochabamba, um reduto político de Morales, onde este tem uma casa.


O anúncio do novo pleito foi feito pelo mandatário na manhã do domingo, depois que o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, pediu a anulação das eleições na Bolívia, após auditoria realizada na apuração dos votos. Almagro instou o governo de Morales a convocar novas eleições.

FONTE: ZH

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium