OUÇA 100,7 AO VIVO
Sexta, 22 de novembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

10/11/2019 ás 00h25 - atualizada em 10/11/2019 ás 10h12

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Objetos pessoais foram encontrados junto em corpo de vitima de naufrágio
Polícia Civil do Rio Grande do Sul vai investigar o caso
Objetos pessoais foram encontrados junto em corpo de vitima de naufrágio
Corpo de Andrei Franchini foi localizado na manhã deste sábado, 08 (Foto: Oeste Mania))

A Polícia Civil confirmou que objetos pessoais, como carteira contendo documentos e um aparelho celular, foram encontrados junto ao corpo de Andrei Franchini, 19 anos, morto, vítima de naufrágio ocorrido na última quarta-feira na travessia entre Itapiranga-SC e Barra do Guarita-RS.


A Polícia Civil já iniciou as investigações para apurar o acidente. Com isso serão ouvidos os demais sobreviventes e o barqueiro que conduzia a embarcação no momento do acidente.


A embarcação Santos 2 que foi encontrada pelos bombeiros está  no quartel do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, onde passará por perícia realizada pela Capitania dos Portos de Florianópolis.


Algumas questões precisarão ser esclarecidas pelo inquérito. A primeira é sobre o número de passageiros. Oficialmente a informação era de 13, mais o barqueiro, no entanto, depoimento de um sobrevivente na Rádio Província, dá conta de que seriam 15 pessoas, mais o condutor. Essa informação vem de encontro com  uma declaração de um capitão do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina que afirmou que há suspeita que fossem mais passageiros do que os 13 inicialmente noticiado.


Outro fator importante é uma notícia de que o barco não tinha os chamados flutuantes. Esses equipamentos ficam embaixo dos bancos para evitar que o barco afunde mesmo em caso de acidente, como ele virar, por exemplo, ele segue boiando.


Ainda deverá ser apurada a situação dos passageiros, que até onde se sabe não estavam usando coletes salva-vidas e por fim qual a condição do barqueiro, se ele estava legalizado e habilitado para conduzir a embarcação e se ele adotou os procedimentos corretos no momento do acidente.


A Polícia Civil do Rio Grande do Sul será responsável pela investigação.


 


 

FONTE: Jornal Província

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium