OUÇA 100,7 AO VIVO
Sexta, 20 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

12/09/2019 ás 10h21 - atualizada em 12/09/2019 ás 10h33

Eduardo Sarvadori

Tenente Portela / RS

Imagens de satélite mostram alta concentração de fumaça na Região Celeiro
Imagens foram divulgadas nesta semana pela MetSul
Imagens de satélite mostram alta concentração de fumaça na Região Celeiro
Imagem de satélite mostra grande e densa pluma de fumaça no interior da América do Sul nesta quarta. (Fonte: MetSul)

 Para quem imagina que as queimadas na área da Amazônia não afeta as áreas da nossa região, imagens divulgadas nessa quarta-feira, 11, pela Metsul comprovam o contrário.


 A MetSul Meteorologia publicou em seu perfil no Twitter que, desde terça-feira (10), a fumaça atua sobre a metade norte gaúcha, Santa Catarina e o Paraná. Na manhã desta quarta-feira, imagem de satélite publicada pela MetSul mostrou grande e densa pluma de fumaça no interior da América do Sul, descendo da região amazônica até o Sul do Brasil, onde encontra a barreira de um sistema frontal.


 Em cidades da região Celeiro foi possível visualizar o corredor de fumaça nos últimos dois dias. Ao tentar observar paisagens ao horizonte, nesta quarta-feira, em Humaitá, facilmente foi perceptível o bloqueio. A impressão, em alguns momentos, é de que está chovendo em alguma região próxima, entretanto, a “cortina” de cor cinza é provocada pela fumaça.


 Um mapa publicado pelo instituto meteorológico revela que os focos de incêndio estão concentrados principalmente no Sul da Amazônia Legal e nos biomas Cerrado, Caatinga e Pantanal do Brasil. Há focos também em países vizinhos como Bolívia e Paraguai. A MetSul informa que grande quantidade de fumaça deve seguir sobre o Sul do Brasil até o final da semana afetando o Norte gaúcho, Santa Catarina e, principalmente, o Paraná.


 O risco de fogo no restante da semana seguirá crítico principalmente no Cerrado e na Caatinga. Conforme a MetSul, na próxima semana seguirá alto nas mesmas regiões e voltará a ser crítico no Paraguai e na Bolívia. O governo do Paraguai declarou emergência nos departamentos de Alto Paraguay e Boquerón pelas queimadas.

FONTE: Com informações de Rádio Alto Uruguai e MetSul

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium