OUÇA 100,7 AO VIVO
Sexta, 20 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Polícia l Trânsito

10/09/2019 ás 10h15 - atualizada em 11/09/2019 ás 09h30

Eduardo Sarvadori

Tenente Portela / RS

Dinheiro e armamento utilizado em assalto a banco é apreendido com caminhoneiro no RS
Prisão do acusado ocorreu durante uma barreira policial na cidade de Passo Fundo
Dinheiro e armamento utilizado em assalto a banco é apreendido com caminhoneiro no RS
Foto: Zero Hora

Uma barreira montada pela Brigada Militar (BM) após o assalto ao Banrisul de Faxinalzinho, no norte do Rio Grande do Sul, resultou na apreensão de dinheiro e armamento pesado, como fuzis, na tarde desta segunda-feira (9). A polícia garante que as armas foram usadas pela quadrilha envolvida no roubo e que a quantia encontrada era do banco atacado horas antes.


 


A blitz foi montada pelo Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) de Passo Fundo, que apoia os policiais da região no cerco após o assalto. Segundo os agentes, as armas — dois fuzis de calibre 5.56, uma espingarda calibre 12 e um revólver calibre 38 — estavam ao lado do motorista, na cabine do caminhão. Já o dinheiro, estava escondido em meio a leivas de grama, no baú do veículo. Também havia fardas militares, coletes à prova de balas e botas.


 


De acordo com o coronel Alex Hoffmann, comandante de policiamento da BM no norte do Estado, a barreira foi montada entre Nonoai e Herval Grande, na RS-406, na região conhecida como Goio-Ên. A suspeita do oficial é que a quadrilha tenha tentado fugir para Santa Catarina, mas percebeu a mobilização de policiais e mudou o trajeto.


 


O comandante diz que há “muito dinheiro'” no caminhão, mas os agentes ainda não contaram todas as cédulas, que estão reunidas em maços de R$ 50 e R$ 100.


 


A BM ainda não sabe se o preso participou diretamente do assalto ou somente dirigia o caminhão na fuga. O nome dele não foi revelado. Conforme o comandante, ele é de Sertão, cidade próxima de Passo Fundo, e possuía “poucos antecedentes criminais”.


 


Os brigadianos ainda procuram o restante da quadrilha. Um helicóptero auxilia nas buscas além de efetivo de várias cidades da região.


O roubo


Ladrões assaltaram uma agência do Banrisul em Faxinalzinho, município de 2,5 mil habitantes no Norte do Rio Grande do Sul, por volta das 11h desta segunda-feira (9). O crime levou pânico aos moradores: para invadir o banco, um grupo de pelo menos cinco criminosos atirou repetidas vezes para cima e em direção ao quartel da Brigada Militar (BM) — que fica ao lado da agência roubada.


 


Após invadir o banco, os criminosos renderam clientes e funcionários sob ameaça de armas e pegaram o dinheiro. Depois, conforme a BM, fugiram levando três reféns na caçamba de uma caminhonete.


 


Fonte: Gaúcha ZH

FONTE: Zero Hora

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium