OUÇA 100,7 AO VIVO
Sexta, 20 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

21/08/2019 ás 11h04 - atualizada em 21/08/2019 ás 15h33

Eduardo Sarvadori

Tenente Portela / RS

Chefes de Executivo buscam soluções para reativar o SAMU em Três Passos
Serviço foi interrompido recentemente por causa do atraso no repasse de verbas
Chefes de Executivo buscam soluções para reativar o SAMU em Três Passos
Reunião dos prefeitos ocorreu em Três Passos (Foto: Divulgação/ASCOM Três Passos)

Reunidos no gabinete da Prefeitura de Três Passos, na manhã desta terça-feira (20), prefeitos trataram da situação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192).


Estiveram reunidos com o prefeito, José Carlos Amaral, e com o vice-prefeito, Jorge Dickel, os prefeitos de Humaitá, Fernando Wegmann; de Tiradentes do Sul, Alceu Dill; e de Esperança do Sul, Moisés Ledur; além do secretário municipal de Saúde de Bom Progresso, Jarbas Heinle, representando o prefeito Armindo Heinle; e o secretário municipal da Fazenda de Tiradentes do Sul, Luiz Carlos Sandri.


Os gestores municipais dialogaram sobre a importância da manutenção do SAMU para a região, além de abordarem a questão das dívidas que o Governo do Estado possui com as prefeituras na área da saúde.


De forma conjunta, os prefeitos e os representantes dos municípios, chegaram ao entendimento de que o serviço oferecido pelo SAMU deve ser mantido. Neste sentido, o prefeito de Três Passos propôs buscar novas alternativas de operacionalização junto aos órgãos competentes e equipe técnica.


Segundo os prefeitos, é necessário formatar um serviço coerente, que esteja dentro da realidade de cada município, no entanto, que cumpra a função de beneficiar a coletividade.


Eles enfatizaram que a dificuldade momentânea enfrentada pela paralisação do SAMU, antes contratado junto ao Hospital de Caridade, servirá para rediscutir o formato de gestão do serviço, oportunizando a qualificação do mesmo, buscando melhorar o atendimento a ser prestado à comunidade regional.


Repactuação dos municípios:


O próximo passo a ser dado é o encaminhamento da proposta de repactuação de funcionamento do SAMU na próxima reunião da Comissão Intergestores Regional (CIR) e, posteriormente, à Comissão Intergestores Bipartite (CIB/RS).


A proposta de repactuar o serviços será enviada pelo município de Três Passos, que detém o convênio, e pelos municípios participantes, que são Bom Progresso, Esperança do Sul, Humaitá, Sede Nova e Tiradentes do Sul.


O prefeito José Carlos salienta que o serviço não será mais contratado junto ao Hospital de Caridade, tendo a possibilidade, inclusive, de ser desenvolvido diretamente pela Prefeitura. “Buscaremos a continuidade do serviço, porém com uma nova ótica de gestão a ser efetuada de forma direta e compartilhada entre os municípios a serem atendidos pelo SAMU”, ponderou o gestor municipal.


A expectativa dos prefeitos é que no máximo em 15 dias, uma alternativa de funcionamento seja apresentada à comunidade regional abrangida pelo serviço, e que em um prazo de 60 dias possa se retomar o atendimento. Enquanto isso, a população continua sendo atendida pelo Corpo de Bombeiros.

FONTE: ASCOM Três Passos

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium