OUÇA 100,7 AO VIVO
Segunda, 19 de agosto de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Geral

18/07/2019 ás 19h20 - atualizada em 18/07/2019 ás 19h22

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Consulta Popular terá foco no desenvolvimento regional
Estado ainda não definiu a data da votação. Expectativa é para setembro
Consulta Popular terá foco no desenvolvimento regional
Valor disponibilizado para essa edição foi anunciado pela Secretaria Estadual de Governança e Gestão (Foto: Divulgação/SGGE)

A Secretaria Estadual de Governança e Gestão (SGGE) definiu o valor de R$ 20 milhões para a votação dos projetos da Consulta Popular deste ano. As demandas ainda serão definidas pelos 28 Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), em assembleias municipais e regionais. A quantia será distribuída entre as regiões de acordo com critérios como número de habitantes e Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE).


Essa edição não contará com demandas para segurança pública, saúde e educação. O enfoque, conforme o titular da SGGE, Claudio Gastal, será o desenvolvimento regional, valorizando projetos que ampliam o crescimento econômico, ciência e a inovação em áreas como agricultura, infraestrutura e turismo, entre outros. – Em razão da crise que estamos enfrentando, essa é a verba disponibilizada. Nesse cenário, precisamos elencar prioridades – disse o secretário.


Sobre não constar demandas para saúde, segurança pública e educação nesta edição, Claudio Gastal acrescenta que a medida foi tomada porque as áreas citadas são consideradas essenciais e recebem as maiores verbas do governo. – A Consulta Popular não pode ser apenas um canal auxiliar de gestão, como um mero intermediário para aquisição de equipamentos e entregas pontuais nessas pastas. O intuito é de fomentar projetos estruturais para os municípios e regiões. Acreditamos que essa edição será um divisor de águas, nosso desafio é tornar o processo todo um instrumento estratégico de promoção do desenvolvimento regional e de eficácia da política pública – ressaltou o titular da SGGE.


As premissas são de aplicar a Consulta Popular como um meio para impulsionar o desenvolvimento regional, fortalecer a participação e comprometimento da sociedade, promover a avaliação de políticas públicas e valorizar as realidades de cada região.


O Governo do Estado ainda não definiu a data da votação da Consulta Popular. A expectativa é ocorrer em setembro. A votação será online.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium