OUÇA 100,7 AO VIVO
Segunda, 22 de julho de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

20/06/2019 ás 10h40 - atualizada em 29/06/2019 ás 12h08

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Tenente Portela: Gabinete do prefeito consome mais dinheiro que Indústria, Comércio e Turismo
Reportagem mostra como são divididos os recursos públicos na estrutura municipal
Tenente Portela: Gabinete do prefeito consome mais dinheiro que Indústria, Comércio e Turismo
Todos os dados usados nesta reportagem estão no Portal da Transparência de Tenente Portela (Foto: Diones Becker)

Na última reportagem da série sobre as despesas do município de Tenente Portela, com dados coletados do Portal da Transparência, detalhamos os gastos de modo geral. Vamos relatar como é dividido os R$ 38.783.848,89, que foram gastos pela municipalidade na gestão do ano de 2018.


As duas pastas que tem despesas obrigatórias, Educação e Saúde, como já relatada nas matérias anteriores ocupam o topo do ranking de consumo dos valores de aplicados em Tenente Portela.


Educação que é área que consome o maior percentual de valores, teve registrado no ano passado a despesa de R$ 10.956.704,99, enquanto, a saúde, logo atrás, teve uma despesa de R$ 9.705.353,13.


Algumas particularidades da gestão de Clairton Carboni chamam a atenção, por exemplo, o fato de que o Gabinete do Prefeito gasta mais do que algumas secretarias. Enquanto esse setor teve uma despesa registrada de R$ 613.533,70, sendo que desses R$ 430.270,52 são só com pagamento de pessoal e outros R$ 88.889,36, são despesas patronais e ainda R$ 22.035,00 são de diárias, uma pasta importante, como Secretaria de Indústria, Comércio e Turismo teve uma despesa total de R$ 502.683,01.


Deste total de despesas desprendidos para a Indústria e Comércio R$ 203.402,84 estão listados como “Incentivo ao Turismo”, mas R$ 174.222,30 refere-se apenas uma obra.



A Secretaria Municipal do Índio é a que consome o menor volume de recursos, sendo que neste setor foram lançados como despesa no Portal da Transparência R$ R$ 79.550,94, dos quais R$ 44.531,62 foram despesas para pagamento de salários.


A Secretaria de Assistência Social, outro setor extremamente importante, teve no ano de 2018 uma despesa total de R$ 2.006.268,41. Deste valor repassado para a pasta, há três fontes de despesas, o primeiro é a própria secretaria que consumiu R$ 1.460.239,64, sendo que R$ 858.063,55 foram para pagamento de folha de pagamento e R$ 150.341,54 para despesas patronais. A segunda fonte de despesa é a Defesa Civil com gasto de R$ 99.757,36 e o Fundo de Assistência Social que consumiu R$ 446.271,41, sendo que no foram gastos R$ 148.763,56, somente com folha de pagamento.


A Secretaria de Serviços Urbanos consumiu R$ 2.884.455,83, donde chama a atenção o gasto na área de iluminação pública que chegou a R$ 502.929,49.


Na Secretaria de Desenvolvimento Rural os gastos registrados pelo Portal da Transparência totalizaram R$ 4.917.687,44, sendo que neste importante setor, R$ 905.115,40 foram disponibilizados para a folha de pagamento, e ainda mais R$ 141.180,24 o pagamento de despesas patronais.


Do valor total das despesas do Desenvolvimento Rural, R$ 2.011.209,00 estão listados como Equipamentos e Material Permanente, onde estão lançados entre outros os custos com a aquisição de veículos e máquinas.


Nestas cinco semanas, em que o Jornal Província se debruçou sobre o Portal da Transparência, nosso objetivo foi levar até nossos assinantes uma espécie de raio-x sobre as despesas do município de Tenente Portela.


Neste período nos limitamos único e exclusivamente ao Portal da Transparência, sendo que todos os dados podem ser conferidos no referido local e através dessas publicações esperamos também ter contribuído com o desejo de nossos leitores de fiscalizarem por conta própria, diretamente na página da prefeitura.


Não procuramos nenhuma disparidade ou irregularidade e anotamos em nossas matérias todas as particularidades que encontramos ao longo das pesquisas. Quando da realização da primeira delas, que falava sobre os gastos com comunicação entramos em contato com o prefeito municipal Clairto Carboni para postar também seu posicionamento sobre os gastos, no entanto, ele preferiu não se pronunciar antes do lançamento da matéria, o que não o fez também após a publicação. Deixamos, mesmo que o espaço tenha sido usado apenas para divulgação de dados já consolidados, espaço para qualquer manifestação relacionado aos assuntos abordados.

FONTE: Jornal Província

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium