OUÇA 100,7 AO VIVO
Sábado, 21 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

18/06/2019 ás 20h09

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Poder Legislativo de Coronel Bicaco institui Ouvidoria
Ferramenta tem o objetivo de melhorar os serviços prestados à população
Poder Legislativo de Coronel Bicaco institui Ouvidoria
Projeto de Resolução Legislativa para implantação da Ouvidoria foi aprovado nesta segunda-feira (17) (Foto: Diones Roberto Becker)

Os edis aprovaram, na sessão ordinária desta segunda-feira (17), o Projeto de Resolução Legislativa nº 002/2019, que dispõe sobre os procedimentos para a participação, a proteção e a defesa dos direitos do usuário de serviços públicos da Câmara de Vereadores de Coronel Bicaco, de que trata a Lei nº 13.460, de 26 de junho de 2017, e institui a Ouvidoria do Poder Legislativo.


A Ouvidoria ficará vinculada a mesa diretora da Câmara de Vereadores e terá, entre outras atribuições no âmbito do Legislativo, promover a participação do cidadão na administração pública; receber, analisar e responder as manifestações encaminhadas e acompanhar a prestação dos serviços públicos.


As manifestações podem ser apresentadas por meio de formulário eletrônico ou aplicativo específico disponibilizados no site da Câmara Municipal de Coronel Bicaco; via correspondência convencional ou atendimento presencial. A Ouvidoria terá 30 dias, prorrogáveis por igual período, para emitir resposta de forma clara e objetiva.


Semestralmente, entre julho e janeiro, a Ouvidoria do Poder Legislativo vai elaborar o relatório de gestão, consolidando as informações referentes ao recebimento, análise e respostas das demandas.


Lei das Ouvidorias:


A Lei das Ouvidorias foi sancionada pelo ex-presidente Michel Temer, e visa forçar a melhoria do atendimento no serviço público nas três esferas governamentais: federal, estadual e municipal.


A regra entrou em vigor nesta segunda-feira (17). No Rio Grande do Sul, cerca de 480 municípios, com menos de 100 mil habitantes, precisarão se enquadrar a Lei nº 13.460.


O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) fiscalizará o novo dispositivo que é considerado um dos principais complementos da Lei de Acesso a Informação (LAI), que completou sete anos no mês passado e é taxada de pilar da transparência.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium