OUÇA 100,7 AO VIVO
Sábado, 21 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

14/05/2019 ás 13h10 - atualizada em 14/05/2019 ás 13h14

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Legislativos da Região Celeiro gastaram R$ 763,8 mil com diárias no ano passado
Ranking regional foi elaborado com base nos números do MPC-RS
Legislativos da Região Celeiro gastaram R$ 763,8 mil com diárias no ano passado
Legislativo de Vista Gaúcha gastou apenas R$ 960,00 em diárias de vereadores e servidores no ano passado (Foto: Diones Roberto Becker)

Com base em números do Ministério Público de Contas do Rio Grande do Sul (MPC-RS), o site Clic Portela compilou os valores gastos no ano passado com diárias por vereadores e servidores das Câmaras Municipais da Região Celeiro. Somados, os 21 Legislativos consumiram R$ 763.858,02 com viagens.


A Câmara de Miraguaí encabeça o ranking regional. No período analisado, 10,34% da despesa total de R$ 849.576,02 foi empenhada somente para o pagamento de diárias. O gasto de R$ 87.875,00 com os deslocamentos de vereadores e servidores do Legislativo representou um custo de R$ 18,22 por habitante do município que tem uma população de 4.824 pessoas.


Coincidentemente, o segundo lugar do ranking regional é vizinho de Miraguaí. As viagens subsidiadas pela Câmara de Redentora alcançaram R$ 80 mil no ano passado, ou seja, 8,10% da despesa total que chegou a R$ 987.724,55. O levantamento aponta que cada redentorense teve um custo de R$ 6,94 com as diárias feitas pelos vereadores e servidores do Legislativo em 2018. O contingente populacional de Redentora é de 11.527 habitantes.


A Câmara de Tenente Portela foi a quinta da Região Celeiro que menos gastou com diárias no ano passado. Da despesa total de R$ 1.218.365,91, 2,23% (R$ 27.187,00) foram reservados ao pagamento dos deslocamentos de vereadores e funcionários do Poder Legislativo. O gasto com diárias significou um custo de R$ 2,01 por portelense. A população do município é de 13.538 pessoas.


No quesito ‘economicidade em diárias’, o Legislativo de Vista Gaúcha é o grande destaque do ranking regional. Em 2018, os vereadores e servidores da Câmara gastaram com viagens apenas 0,24% (R$ 960,00) da despesa total de R$ 328.203,79. O montante empenhado para o pagamento das diárias representou um custo de R$ 0,34 para cada habitante. Vista Gaúcha tem 2.847 moradores.


Conforme o levantamento do Ministério Público de Contas, as 497 Câmaras Municipais do Rio Grande do Sul gastaram, no ano passado, R$ 15 milhões em diárias. O primeiro colocado do ranking estadual é o Legislativo de Bom Jesus, que destinou 19% (R$ 382,1 mil) de toda a despesa total de 2018 ao pagamento de viagens e inscrições em cursos.


O estudo coordenado pelo procurador geral do MPC-RS, Geraldo Da Camino, ainda revela que o orçamento das Câmaras Municipais gaúchas alcançou R$ 981,8 milhões em 2018. – A discrepância se deve justamente ao déficit de participação popular. Aquela comunidade em que os cidadãos participam, fiscalizam e definem suas prioridades, são as que os gastos são alocados nas áreas prioritárias, como saúde e educação – disse Geraldo Da Camino.


Em 32 municípios do RS, os Legislativos não desembolsaram nenhum valor para diárias no ano passado.


O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium