OUÇA 100,7 AO VIVO
Sábado, 21 de setembro de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Cidades

03/05/2019 ás 10h39

Jonas Martins

Tenente Portela / RS

Muda governo, mas estradas continuam péssimas
Situação das estradas estão cada vez pior
Muda governo, mas estradas continuam péssimas
Na ERS-330 os motoristas precisam de paciência para escapar dos buracos (

Se acentua as péssimas condições das rodovias da região conforme o tempo vai passando. Hoje as principais rodovias de ligação com Tenente Portela apresentam algum problema que dificulta a vida dos centenas de motoristas que transitam diuturnamente nestas vias.


O trajeto entre Tenente Portela e Redentora, trafegando via RS-330 está com condições lamentáveis. Buracos estão espalhados pela rodovia em diversos pontos. Vão desde pista desgastada até verdadeiras crateras.


Não raro é fácil flagrar algumas queixas nas redes sociais. As reclamações indignadas vão desde motoristas que tiveram algum prejuízo em pneus e rodas, até aqueles que querem apenas verbalizar o seu descontentamento com as autoridades estaduais.


Em alguns pontos a situação é ainda mais grave. Nas proximidades da Estiva, já no território de Redentora, os motoristas precisam fazer verdadeiras manobras para não cair em algum dos inúmeros buracos que existem na pista. A situação é tão grave que muitos motoristas são obrigados a andar pela contramão na tentativa de poupar seus veículos de algum dano.


Nem veículos grandes, como caminhões e ônibus tem vida fácil ao trafegar por esses trechos. Um caminhoneiro, com quem conversamos, nos relatou que em alguns pontos não têm jeito, é necessário passar pelos buracos e torcer para não ter um pneu cortado.


Quando o trajeto é em direção a Palmitinho, RST-472, o problema também é um velho conhecido dos motoristas. A vegetação lateral, principalmente o capim-elefante, se espalha pelo acostamento ao longo via e em vários pontos ele deita do barranco em direção a via de rolamento atrapalhando a visibilidade dos usuários que trafegam no local.


Os locais mais críticos são os pontos de curva, onde a estrada desprovida de acostamento, com a visibilidade comprometida, praticamente impede a visualização dos veículos que andam na direção contrária.


Em direção a Três Passos o que ainda preocupa é situação das encostas da rodovia, que dias atrás, desabaram sobre a pista. O próprio Departamento Autônomo de Estrada e Rodagem admite a possibilidade de novos desabamentos. Foram feitos trabalhos para tentar se evitar que a situação se repita, no entanto, nenhuma obra de grande contenção aconteceu.


Outra preocupação em relação ao trecho, que também apresenta alguns buracos, é o terreno abaixo da rodovia. Alguns motoristas já explanaram seu temor de que o efeito da água, causado acima, que fez com que desabasse a encosta, possa estar ocorrendo abaixo e neste sentido poderia colocar a própria rodovia em risco.


Engenheiros da autarquia avaliaram o terreno, mas ainda não deram nenhuma reposta pública em relação ao assunto. Os laudos estão sendo estudados e a expectativa é que o DAER se pronuncie em breve.


Em uma recente entrevista ao Programa Tribuna Popular,  da 100.7 FM, o secretário de transportes do estado, Juvir Costela, disse que a secretaria estava prestes a elaborar alguns planos de parceria com os municípios da região para tentar realizar algumas obras, mas até o momento isso não saiu do papél.


No início desse ano o Jornal Província já estampava que uma das maiores preocupações da comunidade regional, em termos de infraestrutura, era as condições das rodovias, e o governador do estado, Eduardo Leite, disse que teria uma atenção especial nessa área, no entanto, passados quatro meses, desde o início de sua gestão, os problemas continuam e estão ainda mais grave, dado ao impacto causado pelo tempo.

FONTE: Jornal Província

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium