OUÇA 100,7 AO VIVO
Quarta, 21 de agosto de 2019
55 3551 1200 I Jornal - 55 3551 1121 I CNPJ: 03.043.551/0001-20
Especiais

08/02/2019 ás 20h32 - atualizada em 08/02/2019 ás 20h38

Diones Roberto Becker

Tenente Portela / RS

Portelense perdeu colegas de time na tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
Incêndio na madrugada desta sexta-feira vitimou dez jovens
Portelense perdeu colegas de time na tragédia no Centro de Treinamento do Flamengo
Erik Ribeiro treina no clube carioca desde o ano passado (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Natural de Tenente Portela, Erik Ribeiro, de 14 anos, está nas categorias de base do Flamengo desde o ano passado.


De acordo com o professor Elver Vargas, que treinou Erik até meados de 2018 na escolinha Garoto Bom de Bola (GBB), o atleta passou primeiramente por testes em Frederico Westphalen e, depois de aprovado, se transferiu para Curitiba, onde o clube carioca mantém um núcleo para jovens jogadores da região sul do país. – Durante os treinos em Curitiba, Erik se destacou e foi levado para treinar no Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro – contou Elver Vargas.


A reportagem do site Clic Portela também manteve contato com Elvis Ribeiro, pai do atleta e que reside em Tenente Portela. Por telefone, ele revelou que conversou poucos minutos com Erik nesta sexta-feira. – Meu filho está em choque com a tragédia, mas disse que está tudo bem. Ele lamenta a perda de três ou quatro colegas de time no incêndio – disse Elvis.


De acordo com as informações repassadas pelo pai, Erik não mencionou se pernoitou alguma vez no alojamento do Ninho do Urubu. – Ele falou que apenas treinava no CT do Flamengo durante o dia e dormia numa casa mantida pelo seu empresário, não muito distante do local da tragédia – revelou Elvis. – Ontem à noite, o Erik me mandou uma mensagem no celular dizendo que o treino desta sexta-feira seria no Maracanã – acrescentou o pai do atleta.


Elvis ainda disse que seu filho irá integrar o plantel do sub 15 do Flamengo em 2019 e que ele aguarda a transição para os novos alojamentos do clube.


A tragédia:


O fogo nos contêineres que serviam de dormitórios para atletas de fora do Rio do Janeiro iniciou por volta das 05h15min desta sexta-feira (08). A suspeita é que um curto circuito em um ar condicionado provocou o incêndio.


A tragédia deixou dez vítimas fatais, todos jogadores das categorias de base do Flamengo. Outras três pessoas sofreram ferimentos.


Mortos:


- Athila Paixão (14 anos);


- Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas (14 anos);


- Bernardo Pisetta (14 anos);


- Christian Esmério (15 anos);


- Gedson Santos (14 anos);


- Jorge Eduardo Santos (15 anos);


- Pablo Henrique da Silva Matos (14 anos);


- Rykelmo de Souza Vianna (16 anos);


- Samuel Thomas Rosa (15 anos);


- Vitor Isaías (15 anos);

Clique nas imagens abaixo para ampliar:
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium